image/svg+xml image/svg+xml image/svg+xmlimage/svg+xmlimage/svg+xml 4 tipos de conteúdos digitais4 tipos de conteúdos digitais4 tipos de conteúdos digitais4 tipos de conteúdos digitais4 tipos de conteúdos digitais4 tipos de conteúdos digitais4 tipos de conteúdos digitais4 tipos de conteúdos digitais

Ao desenvolver cursos online, os profissionais de treinamento devem ter em mente que é preciso utilizar diferentes tipos de conteúdos digitais.  A razão disso é que cada pessoa tem a sua forma de aprender. Ela pode ser dividida em três grandes grupos: visual, auditivo e cinestésico. Mas, a verdade é que não existe fórmula pronta, uma pessoa, mesmo tendo preferência por uma forma, também pode responder bem aos estímulos de outra e reter o conhecimento proposto.

Para auxiliar os desenvolvedores de cursos, a iSpring publicou o e-book Como criar um ótimo conteúdo de e-Learning que traz dicas valiosas na hora de criar as aulas.

 

Os grupos de conteúdo

O primeiro passo é escolher uma ferramenta de treinamento, com criação de cursos, palestras ou quizzes de forma integrada e rápida, como é o caso do iSpring Suite Max, que oferece Curva de Aprendizado zero, tornando o desenvolvimento mais profissional e ágil.

Para diversificar a produção dos conteúdos de e-learning e torná-los atrativos, podemos dividi-los em quatro grandes grupos: texto, áudio, vídeo e imagem.

A melhor forma de alcançar engajamento, manter sempre em alta o interesse dos alunos e procurar mesclar os quatro tipos, de forma a surpreender positivamente os alunos.

A seguir, conheça os tipos de conteúdos digitais para desenvolver um curso abrangente para todos os públicos.

Texto

A escrita é um dos mais tradicionais pilares do aprendizado. Mesmo com a criação de outras ferramentas de produção do conhecimento, o texto continua sendo fundamental para o ensino.

Contudo, para o aluno tirar o máximo proveito, o texto precisa ser objetivo, claro, oferecer informações amplas e corretas e, principalmente, estar adequado ao nível de compreensão do leitor.

O desenvolvedor de cursos e-learning pode utilizar bons textos em artigos, resenhas, posts, e-books, notas explicativas, legendas de vídeo, newsletter, entre tantas outras possibilidades.

Áudio

Utilizar áudio é uma excelente alternativa para alcançar aqueles alunos que não tem possibilidade – ou tempo – de ler ou assistir aos vídeos das aulas.

Com a popularização dos aplicativos para smartphones, surgiram os podcasts, que nada mais são que programas de áudio gravados e transmitidos on-line, como uma rádio.

Os conteúdos em áudio precisam ser objetivos, relevantes para o ouvinte. Isso garante que o aluno chegará ao final da gravação com interesse e bom índice de retenção do conhecimento.

Vídeo

Os dispositivos de vídeo podem ter um efeito multiplicador sobre o aprendizado. Na medida que a conexão de Internet fica mais estável e rápida, o consumo de vídeos vai aumentar e ocupar seu lugar de destaque nos tipos de conteúdos digitais.

As transmissões ao vivo (lives) em redes sociais e os webinars também são boas alternativas como ferramentas de ensino on-line, com grande engajamento e bastante estimadas pelos alunos.

Dados da pesquisa Cisco Annual Internet Report (2018–2023) apontam que até 2023, 299,1 bilhões de aplicações móveis serão baixadas globalmente. Os vídeos, as mídias sociais, jogos e aplicativos comerciais serão os maiores impulsionadores desse volume.

Com base nesses dados, é importante que profissionais de treinamentos desenvolvam vídeos para e-learning com qualidade de imagem, locução e profundidade dos conteúdos propostos.

Imagem

Quando um aluno de ensino a distância se depara com uma charge engraçada, um cartum provocativo ou mesmo uma fotografia bem produzida, se estes estiverem bem colocados no conteúdo e no objetivo do tema proposto, certamente provocarão um grande impacto no aprendizado.

O mesmo podemos falar dos infográficos. Esta é uma forma que entrega conhecimento de forma ilustrativa, objetiva e que consegue rapidamente explicar conceitos e processos mais complexos, utilizando gráficos, fluxogramas e até ilustrações mais lúdicas.

Como escolher os tipos de conteúdos digitais

A grande opção de formatos de conteúdo, está longe de criar dificuldade para escolha. Ao contrário, permite a criação de cursos, palestras, quizzes e outras ferramentas de treinamento das empresas com grande engajamento dos alunos e resultados satisfatórias.

Para isso, é preciso analisar e entender o público-alvo, encontrar a linguagem correta para envolvê-lo e escolher os tipos de conteúdos digitais mais adequado com o conteúdo proposto, com as preferências dos alunos e com os objetivos esperados.

Como foi citado anteriormente, a ferramenta ideal para atender as exigências dos desenvolvedores de cursos online é o iSpring Suite Max. Conheça todas as possibilidades acessando a apresentação em nossa página.

A opinião e sugestões dos usuários são muitos importantes, pois auxiliam no aprimoramento de nossos produtos. Compartilhe nos comentários suas experiências com o desenvolvimento de cursos, quizzes, palestras e outras ferramentas de treinamento ☺.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

 

Comece a criar cursos online de forma rápida e fácil