image/svg+xml image/svg+xml image/svg+xmlimage/svg+xmlimage/svg+xml Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021Como ganhar dinheiro vendendo cursos online em 2021

Criar e vender cursos online para ganhar dinheiro é um setor que registrou um crescimento significativo recentemente. A demanda por cursos autênticos e confiáveis é extremamente alta e vai crescer ainda mais: até 2026, o mercado global de e-learning deverá atingir US$ 375 bilhões, em comparação com menos de US$ 200 bilhões em 2019.

Tome como exemplo este curso de Python que tem quase um milhão de alunos matriculados:

Exemplo de um curso Udemy

Tem um preço de US$ 11,99. Embora nem todos os alunos matriculados tenham pago (alguns recebem cupons grátis), mesmo que metade deles tenha comprado o curso pelo preço atual, significa que o curso já faturou mais de US$ 5 milhões, e seu instrutor, cerca de US$ 2,5 milhões. Nada mal se 24 horas de conteúdo de vídeo e 19 artigos podem ajudar você a gerar US$ 2,5 milhões, não é mesmo? E é renda passiva pura – o curso foi atualizado pela última vez em setembro de 2019.

Este é apenas um exemplo. Na verdade, o mercado de venda de cursos é gigantesco e há compradores famintos por todo lado em busca de cursos de qualidade para atualizar suas habilidades para que possam se destacar em sua carreira e desenvolvimento pessoal.

Este guia mostrará como ganhar dinheiro vendendo cursos online começando do zero. Se você é novo nesse universo e não tem ideia por onde começar, este guia prático é para você. Mas, primeiro, vamos analisar as razões pelas quais a venda de cursos pode ser um negócio lucrativo.

O que torna a venda de cursos um mercado comercial gigantesco

O estudo de caso de Tomi Mester é um dos melhores exemplos. Ele compartilhou todos os detalhes sobre como deixou seu emprego em tempo integral e criou o primeiro curso online que o ajuda a ganhar mais de US$ 10 mil por mês.

Nick Stephenson ganhou US$ 130.208 com seu curso de marketing na primeira semana. John Omar ganhou US$ 1 milhão em um único ano com seu treinamento para desenvolvimento de aplicativos iOS.

Como pode ver, vender cursos online para ganhar dinheiro é um modelo de negócios altamente lucrativo. Se você está cético quanto ao porquê das pessoas comprarem seu curso, considere isto…

A dívida dos empréstimos para estudantes em 2020 ultrapassou US$ 1,56 trilhão somente nos Estados Unidos. Existem mais de 45 milhões de mutuários com uma dívida média de empréstimos estudantis no valor de US$ 32.731. O alto custo da educação tem motivado alunos e funcionários a buscar por alternativas.

A educação digital tem proporcionado um grande avanço. Pelo menos 33% dos estudantes universitários fazem pelo menos um curso de e-learning. Por quê? Porque é barato e eles aprendem 5 vezes mais do que em um curso formal na faculdade.

E não se trata apenas de alunos – as empresas também estão focando extensivamente em cursos online para treinar sua força de trabalho. Pesquisas mostram que isso ajuda as organizações a aumentar sua receita e também a produtividade e eficiência dos funcionários.

Obviamente, a criação e venda de cursos online é uma indústria em crescimento. E a melhor parte é que ganhar dinheiro dessa forma não é apenas um projeto isolado, mas sim um modelo de negócios completo. Você tem a chance de se conectar com seus alunos, oferecer atualizações, cursos mais avançados e gerar uma fonte de renda passiva.

Um guia para obter renda com a venda de cursos

O guia passo a passo abaixo mostrará como começar e quais passos seguir para criar e lançar um curso e receber seu primeiro pagamento.

Passo #1: Criar um curso online

O sucesso do seu negócio depende do conteúdo – é o produto principal e deve ser valioso e útil.

O desenvolvimento de cursos começa com a identificação de um nicho específico em sua área. Para fazer isso, defina um problema que seu público-alvo está enfrentando. Pergunte a si mesmo, que problema seu curso resolverá?

Suponhamos que você esteja na área de atendimento ao cliente e interessado em criar um curso de gestão do sucesso do cliente. Você pode começar observando os cursos existentes nesta esfera (de preferência best-sellers) e ver o que está faltando neles. Aqui está o sumário de um curso best-seller na Udemy:

Resumo do curso de um best-seller da Udemy

Ele oferece muito valor, mas não inclui diversas das principais áreas, como estudos de caso, modelo de sucesso do cliente, como desenvolver habilidades para ser um melhor gerente de sucesso do cliente e checklists. Com base em sua experiência, você pode criar um curso melhor e agregar ainda mais valor aos seus alunos.

Como pode ver no exemplo, para encontrar um problema em sua área, você precisa fazer uma pesquisa. Visite os marketplaces para saber qual tipo de conteúdo seus concorrentes estão oferecendo, identifique lacunas e elabore um curso melhor que agregue mais valor aos alunos.

Outra maneira que a pesquisa pode levar à finalização do tópico e conteúdo do seu curso é examinando:

  • Tópicos populares e problemas em sua área
  • Entrevistas e pesquisas com alunos
  • Tendências do Google
  • Especialistas no assunto

Depois de decidir sobre o tema, é hora de criar seu curso que envolve um esboço provisório, escrita de roteiro, coleta de recursos visuais e mídia, gravações, edições e muito mais. Você pode criar seu curso diretamente na plataforma de vendas usando suas ferramentas de edição nativas ou pode montar o conteúdo que você tem com um kit de ferramentas de criação de cursos como o iSpring Suite.

O desenvolvimento de cursos é uma área que requer conhecimentos específicos. Existem várias diretrizes na internet para ajudá-lo a compreender o processo em detalhes. Aqui estão alguns dos principais aspectos sobre a criação de cursos que você precisa focar neste estágio:

  1. Certifique-se de que a sua ideia de curso esteja em alta.
  2. Identifique seu público-alvo e entenda seu perfil para tornar seu curso atrativo e útil.
  3. Escreva os resultados de aprendizagem do seu curso de maneira clara e envolvente, focando em seus benefícios.
  4. Elabore os textos e conteúdos visuais para seu curso.
  5. O tópico do curso, conteúdo e resultados de aprendizagem devem estar alinhados. Certifique-se de que não haja nenhum tipo de desvio.
  6. Use ferramentas e recursos apropriados para a criação do curso.

Passo #2: Escolher uma plataforma de vendas

Uma plataforma de venda de cursos ajuda você a hospedar, entregar e vender seu curso para usuários finais de forma integrada, gerenciando tudo, desde a criação do curso até o marketing, processamento de pagamentos e muito mais.

Existem diversas plataformas de vendas para escolher. Três das mais populares são iSpring Market, Udemy e Thinkific.

1. iSpring Market

Plataforma iSpring Market

iSpring Market é mais adequada para quem deseja começar a vender cursos online rapidamente, enquanto desfruta do controle total sobre o design, marketing e vendas. Possui um painel simples e fácil de usar que permite criar seu marketplace e colocar seu curso à venda em questão de minutos. Você pode fazer upload de cursos prontos ou criá-los montando o conteúdo diretamente na plataforma. Também possui suporte para todos os tipos de formato de conteúdo (vídeo, áudio, texto, visual, etc.), incluindo o formato de e-learning puro SCORM.

iSpring Market oferece análises poderosas que permitem que você acompanhe as vendas, o engajamento e a satisfação do cliente e fornece um funil de vendas de alta conversão que é integrado à sua ferramenta de marketing por e-mail e outros aplicativos via Zapier.

2. Udemy

Plataforma de venda de cursos Udemy

Udemy é uma plataforma fácil de usar que oferece um grande número de recursos, ferramentas e temas para lançar seus cursos de e-learning. Ao contrário de muitas alternativas, ela permite que você venda seus cursos para sua gigantesca base de usuários (mais de 24 milhões). Entretanto, essa base não é realmente sua já que todas essas pessoas se cadastram na Udemy para ter acesso aos cursos, mas você não tem acesso a seus e-mails ou outros dados para executar campanhas de marketing. Além disso, existe uma grande competição entre os autores, o que reduz as chances do seu curso ser selecionado. A plataforma também é bastante limitada no tipo de conteúdo que você pode enviar. Na verdade, você só pode criar e vender cursos baseados em vídeo.

Ainda assim, a Udemy é uma boa solução para indivíduos que são novos no ensino, criação e venda de e-learning porque fornece todas as opções de venda de cursos necessárias e é gratuita. Mas a Udemy provavelmente não é a melhor escolha para ganhar dinheiro a longo prazo, uma vez que cobra de 50 a 80% de cada venda para divulgar seu curso e, em algum momento, você provavelmente encontrará maneiras de promover seus cursos por conta própria.

3. Thinkific

Plataforma de venda de cursos Thinkific

Thinkfic é uma plataforma que fornece a você todos os recursos para criar e ministrar cursos em seu próprio site personalizado e oferece ferramentas robustas de e-commerce e marketing. É altamente personalizável em termos de construção do site e você pode criar uma página de vendas com todos os cursos que possui, uma página inicial para cada curso e muito mais. Você também pode integrar seu site de venda de cursos com qualquer outro site existente para criar uma experiência de marca perfeita para seu público.

Em suma, Thinkific é uma boa solução para quem quer construir uma marca em torno de cursos online. No entanto, muitas opções que ela oferece podem ser excessivas para os vendedores de cursos novatos.

Como escolher a plataforma de venda de cursos certa

Se ainda não tem certeza de qual plataforma de vendas escolher, responda às seguintes perguntas que irão te ajudar a tomar uma decisão informada:

  • Você quer lançar seu curso o mais rápido possível ou está pronto para investir mais tempo aprendendo como lidar com uma plataforma complexa e obter uma página de marketplace altamente personalizada?
  • Você vai criar cursos interativos e envolventes ou montar cursos mais simples com textos e gráficos diretamente na plataforma?
  • Você já tem um site e deseja integrá-lo ao seu marketplace para uma experiência de marca impecável?
  • Você precisa de acesso a ferramentas de funil de vendas para capturar mais leads e clientes potenciais?
  • Você deseja obter todos os detalhes sobre a atividade de aprendizagem dos usuários para ver como eles avaliam seu curso e entender se ele deve ser aperfeiçoado?

Passo #3: Promova o seu curso

Simplesmente adicionar seu curso em uma plataforma de vendas pode não gerar vendas. Você tem que promovê-lo com rigor. Aqui estão algumas das melhores maneiras de divulgar seu curso para começar a ganhar dinheiro rapidamente.

Crie um blog

Se você ainda não possui um blog, crie um usando a plataforma WordPress, por exemplo. Isso ajuda a gerar um grande volume de tráfego direcionado e a construir sua reputação.

Uma vez que seu site esteja em pleno funcionamento, comece a publicar artigos otimizados em SEO e relacionados ao tópico do seu curso. Em breve, você começará a receber tráfego orgânico do Google em seu blog. Uma vez que comece a receber visitas, ficará muito fácil comercializar o seu curso já que cada pessoa que lê suas postagens é um aluno em potencial.

A parte mais importante aqui é que você precisa oferecer um conteúdo realmente útil e criar postagens regularmente. Veja como o Scoro aumentou o tráfego do seu blog de 1,6 mil para mais de 31 mil por mês, publicando conteúdo de qualidade.

O tráfego do blog Scoro cresce

Crie uma lista de e-mails

O e-mail marketing tem o maior ROI entre todos os canais de divulgação, porque é altamente personalizado e não intrusivo.

Sua lista de e-mails é a maior fonte de vendas. Você precisa coletar os endereços de e-mail de seus usuários para que possa se conectar e construir um relacionamento. Existem diferentes maneiras de fazer isso por meio do seu blog, redes sociais e qualquer outro veículo.

Uma das maneiras mais rápidas é oferecer seu curso gratuitamente por um período limitado. Isso criará um buzz e o marketing boca a boca o ajudará bastante. Essa é a técnica que Omar John usou. Ele tornou seu curso sobre iOS 7 gratuito e ganhou 60 mil inscritos em 2 dias. Como? Seu curso gratuito se espalhou por toda a internet e foi compartilhado em todos os principais fóruns e blogs. Mais tarde, Omar ofereceu uma versão atualizada do curso para seus inscritos e com um único e-mail conseguiu gerar US$ 700 mil. Isso demonstra o poder da sua lista de e-mails.

Tire proveito das redes sociais

As redes sociais são a maior fonte de geração de tráfego, pois há mais de 3,81 bilhões de usuários de redes sociais em todo o mundo. Você pode se conectar com seu público-alvo facilmente por meio das principais redes sociais como Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn. Basta criar contas, postar regularmente ou compartilhar as últimas postagens do seu blog e interagir com seu público.

Também faz sentido encaminhar tráfego direcionado ao seu curso por meio de anúncios em redes sociais. Com apenas $ 5 por dia, você pode veicular anúncios no Facebook e Instagram para promover seu curso.

Passo #4: Automatize

Depois de começar a gerar vendas, você provavelmente tentará criar mais cursos para expandir seus negócios e ganhar mais dinheiro. Por esse motivo, é fundamental automatizar o marketing e a venda dos cursos e focar no que interessa: desenvolver novos cursos. Algumas plataformas permitem que você execute esses processos de maneira automatizada.

O iSpring Market, por exemplo, tem integração com o Zapier que possibilita conectar seu marketplace a muitos outros aplicativos, permitindo automatizar todo o seu workflow. Por exemplo, você pode adicionar alunos automaticamente à sua campanha de marketing, matricular novos compradores em seu curso e rastrear seus visitantes para enviar e-mails direcionados com base em suas ações.

Resumindo

Criar e vender cursos online pode ser bastante lucrativo se você for capaz de oferecer um ótimo conteúdo e atingir seu público-alvo. Além disso, com as plataformas modernas existentes, você pode lançar seu curso e começar a ganhar dinheiro imediatamente. Experimente o iSpring Market gratuitamente e faça suas primeiras vendas antes mesmo do período de teste de 14 dias terminar.

 

Veja como iSpring Suite torna a criação de cursos fácil e rápido