Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020Introdução ao Microlearning: O que é e porque você deve usá-lo em 2020 image/svg+xml image/svg+xml image/svg+xmlimage/svg+xmlimage/svg+xml

É claro que não se trata apenas de curiosidades, e o TED é apenas um exemplo da apresentação de ideias em pequenas doses. Dados do Statistic Brain mostram que no ano 2000, a capacidade de atenção humana era de 12 segundos. Em 2015, era de apenas 8,25 segundos. Não é de se admirar que o microlearning seja visto como uma oportunidade para criar um aprendizado eficaz.

O que é microlearning?

Microlearning (do inglês micro aprendizagem) é uma abordagem de aprendizagem baseada em habilidades que fornece informações em blocos pequenos e altamente focados. É a maneira ideal de encontrar respostas rápidas para problemas específicos. Assista ao vídeo em inglês ou pule para o artigo caso prefira ler.

O que é microlearning?

Vamos ver o que há de especial em um módulo de microlearning:

  • Duração: Como o nome sugere, o microlearning é rápido. Um módulo típico pode ser concluído em cerca de cinco minutos. No entanto, não há regras rígidas acerca de sua duração, como explica a especialista em estratégia de aprendizagem Shannon Tipton da Learning Rebels LLC:

“Não há prazos específicos para o microlearning. Não existe um número mágico. É tudo uma questão de necessidade e contexto. Você deseja criar um screencast de “Como fazer”, 7 minutos de duração seria suficiente? Ou 5 seria melhor? Depende. Tenha isto em mente: “Tão longo quanto necessário e tão curto quanto possível.”

Shannon Tipton

Learning Rebels, LLC

  • Foco: Cada módulo fornece uma resposta orientada para um único problema ou pergunta.
  • Variedade: Os tipos de conteúdo de microlearning incluem tutoriais em vídeo, podcasts de áudio, apresentações, interações, jogos, cenários, avaliações, recursos de trabalho baseados em texto e aulas online de curta duração.
  • Otimizado para celular: O conteúdo deve ser acessado quando necessário, o que o torna perfeito para aprender em um smartphone ou tablet.

Em suma, existem duas diferenças principais entre o microlearning e o aprendizado tradicional. Em primeiro lugar, o microlearning não inclui muito contexto ou detalhes, já que normalmente não é necessário para ensinar conhecimentos básicos.

Em segundo lugar, microlearning pressupõe que cada aluno seja motivado o bastante para ir atrás e concluir o aprendizado que precisam. Isso pode parecer simples, mas geralmente não é. Concluir até mesmo a lição mais curta pode ser desafiador caso se trate de conhecimentos ou tópicos que estão além do conjunto de habilidades atuais do aluno.

Os alunos que possuem um nível básico de especialização, que podem identificar suas lacunas de conhecimento e que se sentem à vontade para aprender com a tecnologia vão tirar o máximo proveito do microlearning.

Os benefícios do microlearning

O microlearning é popular porque funciona ou funciona bem porque é popular? A resposta pode ser um pouco dos dois.

Alunos da geração Y e da geração Z – os “nativos digitais” da força de trabalho atual – tendem a preferir um aprendizado personalizado de acordo com suas necessidades, estilo informal e disponível sob demanda. Microlearning atende a todos esses requisitos e muito mais:

  • Um estudo do Journal of Applied Psychology descobriu que o microlearning foi 17% mais eficiente na transferência de conhecimento do que o típico treinamento em sala de aula. Os pesquisadores descobriram que as informações fornecidas em doses curtas e orientadas eram mais fáceis de compreender e lembrar do que o mesmo aprendizado fornecido em um formato mais longo e abrangente.
  • Os alunos também tendem a interagir com o microlearning com mais frequência, o que aumenta a retenção do aprendizado. Realizar atividades de aprendizagem ao longo do tempo ajuda a transferir conhecimento para nossa memória de longo prazo.
  • As organizações descobriram que disponibilizar o aprendizado no momento em que é necessário é a maneira perfeita de combiná-lo com o fluxo regular das atividades de trabalho. Isso ajuda a fomentar uma cultura de aprendizagem e aumenta a produtividade em geral.

Os profissionais de aprendizagem e desenvolvimento adotaram o microlearning como uma maneira de criar e gerenciar conteúdo facilmente consumível que agrada os trainees. A liderança sênior defende o microlearning como uma forma satisfatória de criar aprendizado com boa relação custo-benefício.

As desvantagens do microlearning

Apesar de todos os seus benefícios, o microlearning não é a resposta para todas as necessidades de aprendizagem. Não pode ser usado para fornecer um conhecimento amplo e profundo sobre qualquer tópico já que, por definição, ele se concentra em resolver um problema ou responder a uma pergunta por vez. Microlearning também não é uma boa maneira de aprender habilidades analíticas ou explorar relações de causa e efeito, já que essas atividades normalmente requerem tempo para planejamento e reflexão. Também é importante considerar que o microlearning sob demanda agrega valor ao aprendizado, mas esse mesmo microlearning é inútil caso não seja encontrado no ponto de necessidade.

Um equívoco comum é que qualquer curso pode ser transformado em microlearning simplesmente ao ser dividido em pedaços menores. Isso não é verdade; o que você realmente fez foi fragmentar o conteúdo. A fragmentação pode ser uma boa maneira de organizar informações em pequenas doses de aprendizagem de fácil compreensão. O conteúdo fragmentado deve ser combinado com o resto do conteúdo de aprendizagem para criar um curso completo. No entanto, o microlearning não se trata apenas de conteúdo dividido em pedaços. É uma estratégia onde unidades de aprendizagem independentes atuam com um único propósito e fazem parte do quadro de aprendizagem global.

Princípios e aplicações do microlearning

Os três princípios básicos do microlearning são:

  1. Menos é mais
  2. Entregue em pequenos segmentos
  3. Estimula e envolve o aluno

Pode parecer que o microlearning é algo rápido, fácil e divertido. Isso provavelmente é verdade, mas não significa que ele pode ser desenvolvido com rapidez e facilidade! Ainda trata-se de um curso e deve ser planejado, projetado e desenvolvido para se alinhar com sua estratégia de aprendizagem.

“Um grande erro no microlearning é o desenvolvimento sem um plano. Um plano estratégico de uso e gerenciamento é importante. Você deve planejar o controle de versões, a manutenção e o gerenciamento. Quem vai revisar o conteúdo antes de enviá-lo para todo mundo? O conteúdo será gerado por um especialista ou por um usuário com a aprovação de um especialista? O microlearning pode ser curto, mas precisa de um plano.”

Shannon Tipton

Learning Rebels, LLC

As empresas costumam usar o microlearning para fornecer treinamento sobre como seguir um processo, executar uma tarefa ou usar um tipo específico de ferramenta ou tecnologia. Guias práticos podem ser ministrados de diversas maneiras: como tutoriais em vídeo, screencasts, podcasts ou materiais de apoio disponíveis para download.

O microlearning também é frequentemente usado para atualizar habilidades e consolidar o conhecimento no local de trabalho. Esses tipos de reforços de aprendizagem são geralmente criados como simulações, interações, tutoriais em vídeo ou cenários curtos.

A tabela abaixo fornece uma visão completa de como o microlearning pode ser usado para oferecer uma variedade de soluções de aprendizagem no local de trabalho.

Necessidade de aprendizagem Soluções de Microlearning
Integração de novo funcionário Vídeos introdutórios e de boas-vindas

Interação de linha do tempo mostrando a história da empresa

FAQ para novos funcionários

Treinamento de compliance Vídeo informativo

Atividade baseada em cenários

Atividade de avaliação em formato de jogo

Treinamento de software Atividade baseada em cenários

Screencast

Guia ou material de apoio digital

Treinamento de habilidades interpessoais Podcast de áudio

Vídeo informativo

Cenários ramificados
com resultados personalizados

Interação baseada em processo

Treinamento de vendas Cenários ramificados
com resultados variados

Tutorial de produto

Exemplos de microlearning

O microlearning de alta qualidade engaja o aluno do início ao fim. Aqui estão algumas das práticas mais populares que o ajudarão a visualizar do que se trata:

  • Rotas de aprendizagem sobre vários tópicos (como as observadas em Khan Academy e Lynda.com)
  • Vídeos educacionais curtos (como o TED-Ed)
  • Tutoriais em vídeo e guias práticos
  • Canais, contas e grupos educacionais em redes sociais (por exemplo, confira a conta da @nasa no Instagram)
  • Serviços de aprendizagem de idiomas (como o DuoLingo)

Como mencionado, existem diferentes tipos de atividades de microlearning, mas desta vez vamos focar em módulos de microlearning interativos que você pode criar por conta própria. Fazer isso é rápido e fácil com uma ferramenta de criação como o iSpring Suite. Com o iSpring, você pode criar cursos de e-learning com questionários, tutoriais em vídeo e simulações de diálogo. Também inclui uma variedade de modelos para criar micro cursos interativos em questão de minutos. Você só precisa adicionar textos e imagens ao modelo e está pronto para começar!

Vejamos alguns dos exemplos de microlearning que você pode criar com o iSpring Suite:

Treinamento de habilidades interpessoais

Os profissionais de call center são os “donos” de todos os aspectos da experiência de atendimento ao cliente. Um módulo de microlearning é a maneira perfeita de ilustrar o processo de cinco etapas de uma organização para lidar com clientes irritados.

Você está convidado a dar uma olhada neste cenário informativo de atendimento ao cliente em inglês:

Treinamento de vendas/conhecimento do produto

Aprender e relembrar detalhes do produto pode ser um desafio tanto para vendedores novatos quanto para os experientes. Um tutorial interativo que explica os componentes e capacidades técnicas de um produto é uma maneira rápida de aprender (ou revisar) detalhes essenciais da mercadoria.

Veja como o microlearning é usado para dar suporte ao treinamento do produto. A seguinte demonstração está em inglês:

Orientação/treinamento de novos funcionários

Os primeiros dias em um novo emprego costumam causar entusiasmo e confusão. Uma organização pode usar o microlearning para ajudar os novos contratados a conhecer as instalações, fornecer respostas rápidas a diversas perguntas frequentes e recontar a história da sua empresa, desde a fundação até os dias atuais.

Aqui está um tour interativo do escritório em inglês projetado para novos contratados:

O uso de FAQ (perguntas frequentes) é uma ótima maneira de usar o microlearning para fornecer respostas às perguntas de RH mais frequentes com um clique. A demonstração a seguir está em inglês:

Uma linha do tempo pode mostrar como uma empresa cresceu de uma ideia para uma grande marca de roupas. A demonstração a seguir está em inglês:

Atualização de habilidades

Se um membro da equipe nem sempre desempenhando como esperado, um questionário bem elaborado pode muitas vezes identificar os pontos fracos que ele precisa melhorar.

O iSpring Suite oferece modelos de perguntas prontas para uso com uma variedade de estilos de perguntas, incluindo correlação, encadeamento e arrastar e soltar. Basta selecionar o tipo de pergunta e adicionar textos e gráficos diretamente ao modelo. Randomize perguntas e respostas e use cenários que ramificam e slides de feedback para criar um questionário verdadeiramente desafiador e à prova de trapaças.

Veja como um teste de microlearning em inglês pode ajudá-lo a identificar uma necessidade de aprendizagem específica:

Treinamento de atendimento ao cliente

Você pode usar o microlearning para dar aos novos funcionários uma ideia sobre a experiência de atendimento ao cliente antes de trabalharem diretamente com os clientes. Selecione um contexto e um personagem da biblioteca de conteúdo do iSpring e, em seguida, adicione seu texto e narração (se desejar). Ofereça uma seleção de respostas às perguntas e inclua ramificações para guiar os alunos em cada etapa do processo. Um ícone de feedback permite ao aluno saber se ele está no caminho certo ou não em cada etapa da simulação.

Veja como uma simulação de diálogo de microlearning em inglês promove o aprendizado com um grande impacto:

Treinamento de software

A maneira mais fácil e difundida de treinar funcionários sobre como usar um software é com pequenos tutoriais em vídeo. Caso tenha interesse em oferecer algumas dicas adicionais sobre como utilizar a ferramenta, você pode fazer isso com um flipbook digital. Por exemplo, um flipbook que pode ser compartilhado e visualizado online é o recurso de microlearning perfeito para ajudar os usuários a levar suas habilidades de design do PowerPoint para outro patamar.

Se você já tiver manuais ou materiais de apoio prontos em formato Word ou PDF, poderá convertê-los em e-books com efeito de virar a página com apenas alguns cliques. Veja a aparência deste livro em inglês:

Microcursos adaptativos

O iSpring Suite é uma ótima ferramenta de criação para desktop que permite criar diferentes tipos de conteúdo de microlearning.

O processo de criação de cursos é extremamente simples e é como você estivesse escrevendo um post nas redes sociais. Você pode simplesmente copiar e colar textos de um arquivo e aprimorá-los com imagens, vídeos do YouTube ou Vimeo, ou até mesmo incorporar conteúdo interativo de outros sites. Você também pode adicionar questionários ao seu curso para ajudar os alunos a reter melhor as novas informações.

Perguntas frequentes sobre microlearning

Vamos revisar algumas das perguntas frequentes sobre microlearning:

✔️ O que é microlearning?

Microlearning é um treinamento baseado em habilidades, ministrado em “pequenas doses” que podem ser concluídas rapidamente. Um único módulo de microlearning deve consistir em uma lição que foca em uma única habilidade.

✔️ Como o microlearning difere do e-learning tradicional ou do aprendizado em sala de aula?

Microlearning é projetado para fornecer uma habilidade específica ou conhecimento sob demanda, no ponto de necessidade. Não se destina a fornecer uma experiência de aprendizagem abrangente ou aprofundada.

✔️ Dada sua curta duração, o microlearning pode
realmente ser eficaz?

Com certeza! Pesquisadores comprovaram que o foco preciso e direcionado do microlearning ajuda os usuários a absorver, reter e lembrar informações melhor do que em treinamentos de formato mais longo.

✔️ Todos os treinamentos de formato curto
são considerados microlearning?

Não. Microlearning não se trata apenas de um pequeno pedaço extraído de um módulo de treinamento mais longo. É um exercício de aprendizagem independente que oferece uma experiência de aprendizagem completa.

✔️ Quanto tempo leva para criar um módulo de microlearning?

Depende do tipo de atividade de aprendizagem que você está criando. Por exemplo, com o iSpring Suite, você pode criar módulos de microlearning em questão de minutos.

✔️ Qual é a melhor maneira de acessar o microlearning?

A maioria das organizações implementa microlearning por meio de seu EaD, assim como faz com outros conteúdos. No entanto, você também pode optar por disponibilizar o conteúdo através de um banco de dados de gestão do conhecimento, intranet corporativa ou outro sistema interno.

Para saber mais sobre a estratégia de microlearning da sua organização, entre em contato com a liderança da equipe de desenvolvimento e aprendizagem.

Considerações finais

Microlearning parece ser uma ótima abordagem para o aprendizado moderno no local de trabalho. É eficaz, engajante e agrada os alunos. Pode ser uma solução independente para o aprendizado corporativo e também pode auxiliar e reforçar cursos de e-learning mais longos e até mesmo o aprendizado presencial. Ao mesmo tempo, não podemos dizer que o microlearning é uma solução que serve para todos os casos. Sem uma estratégia e um planejamento preciso, ele não vai salvar o dia.

Entretanto, dada a cultura acelerada que vivenciamos hoje em dia, podemos dizer que o microlearning certamente chegou para ficar.

Gostaríamos de expressar nossa gratidão à nossa especialista
em e-learning por compartilhar sua experiência e ajudar
com este material:

 Shannon Tipton,         Learning Rebels, LLC

Shannon Tipton, dona da Learning Rebels, LLC., é especialista no desenvolvimento de estratégias e infraestruturas de aprendizagem por meio do uso de tecnologias de aprendizagem e microlearning. Shannon ajudou empresas a perceber todo o seu potencial e a tornar os treinamentos mais interessantes. Seu blog “Learning Rebels” está entre os 100 principais blogs de e-learning. Shannon também foi nomeada um dos 100 principais “Movers and Shakers” do e-learning pela indústria de e-learning. Em 2015, ela publicou seu livro intitulado Disruptive Learning: Discover Your Inner Learning Rebel.

iSpring Suite
Ferramenta
de autoria
de e-learning
Saber mais
 

Veja como iSpring Suite torna a criação de cursos fácil e rápido